Nova Zelândia – 1/11

Ir para a Nova Zelândia sempre foi um sonho e eu não tenho palavras para explicar como eu fiquei feliz de fazer essa viagem!

Tudo de bom que se escuta de lá é verdade. Que lugar!!!

Fiquei duas semanas por lá com minha namorada e exploramos aquele país no máximo que foi possível nesse curto espaço de tempo.

Certamente uma das viagens mais especiais da minha vida. Espero voltar lá algum dia para matar as saudades desse lugar incrível e conhecer o que ficou faltando dessa primeira vez.

 

A viagem foi feita em grande parte de campervan, que é um motorhome pequeno e sem banheiro.

Ficamos alguns dias de carro normal e fizemos um trecho de avião, em um percurso total que começou em Auckland e terminou em Queenstown.

 

Fizemos: Auckland – Waitomo Caves – Rotorua – Tongariro National Park – Wellington – Picton – Nelson – Abel Tasman National Park – Kaikoura – Christchurch – Wanaka – Queenstown – Te Anau – Milford Sound – Queenstown – Auckland

 

Entre Picton e Christchurch fizemos de carro. O trecho de Christchurch para Queenstown de avião, assim como o trecho de volta para Auckland, saindo de Queenstown, também de avião.

O resto foi de campervan, que foi uma experiência sensacional de andar com a casa nas costas igual a tartaruga, para lá e para cá!!!

 

A estrutura dos campings onde se para a Campervan é perfeita. Todos os lugares que paramos tinham ótimos banheiros e cozinha! Inacreditável como era tudo limpo e organizado.

Parar em campings é obrigatório para quem está de campervan ou motorhome sem banheiro. Quem tem banheiro no motorhome tem a opção de parar em “estacionamentos” públicos, que não têm a estrutura de camping, mas também não paga nada para passar a noite lá.

 

 

E foi assim…

 

08/03/2015

Auckland

 

Chegamos em Auckland depois de muito tempo que eu tinha saído da minha casa… Estava bem cansado… Saí de casa era Sexta Feira de manhã, dia 06/03, e cheguei em Auckland era Domingo….. Estava atordoado.

img_0039

Primeira coisa foi comprar um chip pré pago de telefone para podermos usar o 3G e fazer ligações, caso necessário.

Tem alguns planos para turistas que eles oferecem lá no aeroporto. Tem um inclusive que dá direito a usar um Wi Fi que a companhia disponibiliza em diversos lugares das cidades. Tem um monte de pontos mesmo! Eu não peguei esse, então estava limitado ao plano que peguei. Tinha que dar uma economizada, pois usamos muito os mapas e GPS do celular a viagem inteira.

 

Fomos então pegar nosso carro / casa. Alugamos na Jucy, que foi um dos poucos lugares que têm estrutura por todo o país.

Isso foi algo que me deixou muito surpreso quando fui alugar a campervan. Apesar de ser algo enorme esse negócio de aluguel de motorhome e campervan, a grande maioria das empresas são locais, o que dificulta muito para quem vai fazer o percurso em uma única direção e não vai retornar com o carro.

Algumas empresas chegam a cobrar mais de mil dólares para você devolver o carro em uma cidade em que eles não têm escritório. E a grande maioria sequer aceita esse tipo de devolução.

Deu uma canseira até entender que a melhor opção era a Jucy, mesmo não sendo a mais barata.

Tem também a questão de horário, que essas empresas locais nem sempre estão abertas no horário que você precisa retirar ou devolver o carro, então, ou nem consegue alugar, ou tem que pagar taxa extra para devolver fora do horário de funcionamento deles.

Para quem vai pegar e devolver o carro no mesmo lugar e dentro dos horários comerciais, aí tem opção que não acaba mais, mas para quem não vai fazer isso, as opções são bem restritas.

 

Bom, pegamos o carro, o pessoal explicou lá como funcionava para usar as coisas da cozinha, como montar a cama, etc.

img_0041

img_0044

 

Tudo pronto, seguimos para o centro de Auckland para conhecer a cidade.

A primeira parada foi na Sky Tower. Paramos nossa casa em um estacionamento próximo e fomos andando até a torre. Já logo subimos e ficamos curtindo o visual lá de cima.

 

dsc_0710-2

dsc_0713-2

 

Auckland é uma cidade linda!!!!

dsc_0716-2

dsc_0720-2

dsc_0721-2

dsc_0722-2

dsc_0724-2

dsc_0733-2

dsc_0735-2

dsc_0736-2

 

Depois fomos para o andar de baixo onde funciona um café. Comemos uns sanduíches e tomamos umas cervejas locais com aquela vista sensacional!

 

dsc_0738-2

dsc_0742-2

dsc_0744-2

img_0014a

 

Lá na torre era possível fazer alguns esportes radicais, como andar pelo lado de fora da torre ou simplesmente pular lá de cima!

É inacreditável como lá os caras arrumam um jeito de se jogar de cima de qualquer coisa que eles acham!!!!!!!! Não tem nada que eles não achem um jeito de transformar em uma aventura!

dsc_0737-2

 

Bom, depois da Sky Tower fomos para Mission Bay, uma área de parque e praia ainda perto do centro da cidade.

dsc_0745-2

dsc_0751-2

 

dsc_0761-2

 

Ficamos por lá um tempo dando uma relaxada e curtindo o visual.

Não é uma praia linda, mas é bem bacana por ser dentro da cidade e ter o parque onde a galera fica passeando e fazendo esporte.

 

dsc_0762-2

dsc_0767-2

dsc_0773-2

dsc_0775-2

dsc_0780-2

dsc_0782-2

 

De lá partimos para o parque que fica o Auckland War Memorial Museum. Um parque bem legal.

dsc_0788-2

dsc_0792-2

 

Depois de uma breve passagem pelo museu, fomos conhecer o Auckland Domain, que é uma espécie de jardim botânico que fica dentro desse parque.

Muito bonito!

dsc_0793-2

dsc_0795-2

dsc_0796-2

dsc_0799-2

dsc_0801-2

dsc_0802-2

dsc_0803-2

dsc_0804-2

dsc_0805-2

dsc_0807-2

dsc_0808-2

dsc_0809-2

dsc_0812-2

dsc_0813-2

dsc_0814-2

dsc_0815-2

dsc_0819-2

dsc_0822-2

dsc_0825-2

dsc_0831-2

dsc_0834-2

dsc_0835-2

dsc_0837-2

dsc_0842-2

dsc_0843-2

dsc_0844-2

dsc_0848-2

 

Então já indo embora, paramos para assistir o pessoal jogando Cricket. Tinham vários campos, um do lado do outro, e todos ocupados.

Estava rolando a copa do mundo de Cricket enquanto estávamos lá, e não sei se isso contribuiu para ter tanta gente jogando lá empolgada com o evento. Parecia bem sério… Não era uma galerinha brincando de final de semana só.

dsc_0855-2

dsc_0856-2

dsc_0859-2

 

Então fomos para nossa última parada, a Queen Street. Fomos em busca de uma casa de câmbio para trocar o dinheiro e conhecer um pouco o centro comercial de Auckland.

dsc_0861-2

dsc_0862-2

A saudosa Deloitte lá ao fundo, muito bem localizada em Auckland!

 

Bem legal por lá também… Tomamos um café no Starbucks e aproveitamos para usar um pouco a internet.

Então já saímos em direção ao Sul. Nossa primeira parada seria Waitomo Caves. Para não ficar muito puxado, decidimos andar um pouco esse dia, pois ainda não tínhamos dormido decentemente há bastante tempo, e depois terminar a viagem já na manhã do dia seguinte.

Fomos então até um camping perto de Hamilton que ficava a uns 100 km de Auckland. Não me lembro o nome do camping agora.

img_0018a

Esse é o meu quarto de hotel da primeira noite!!! Não vou negar que nesse primeiro dia foi estranho chegar e ver que era esse espaço que eu tinha para passar a noite!

 

Nesse dia só saímos para comer uma coisinha e voltamos para dormir…….

 

Advertisements

Nova Zelândia – 6/11

14/03/2015

 

De manhã só demos uma passada rápida para conhecer a mascote do camping, o Eddie, uma enguia de estimação!

01-img_0325

02-img_0326

03-img_0329

04-img_0333

 

Fomos então em direção a Kaikorua.

05-img_0334

06-img_0335

 

Logo na entrada da cidade para quem vem do norte, como nós, tem um lugar bem bacana: O Ohau Waterfall Walk and Seal Pups. É uma pequena trilha na margem de um rio com uma cachoeira no final.

07-img_0342

 

Esse riozinho é um berçário de focas. Diversas foquinhas ficam por lá…

08-img_0344

 

A primeira que encontramos estava se divertindo horrores com um pedacinho de mato que caiu dentro da água. Estava muito divertido de ver!

09-img_0347

10-img_0350

11-img_0352

12-img_0354

13-img_0355

 

Fomos até a cachoeira, mas não ficamos muito, pois estava chovendo.

 

14-img_0358

15-img_0359

16-img_0360

17-img_0368

 

Na volta paramos mais um pouco para apreciar as foquinhas brincando.

O mais bacana foi quando uma delas, bem curiosa, decidiu sair da agua para ver o que eram aqueles bichos que ficavam lá parados olhando para ela que nem bobos! 😉

Ela saiu e só faltou deitar no colo da gente… Se a gente não se afastasse um pouco, acho que ela ia deitar e pedir cafuné!!!!

18-img_0370

19-img_0371

20-img_0375

21-img_0376

 

Que coisa linda!!!!

22-img_0380

23-img_0382

24-img_0384

25-img_0385

26-img_0096a

26-img_0097a

26-img_0101a

26-img_0388

 

Do outro lado da estrada é onde fica toda a colônia de focas.

27-dsc_0258

28-dsc_0261

29-dsc_0266

30-dsc_0268

31-dsc_0270

 

Fomos então até nossa pousada fazer o check in e deixar nossas coisas. De tarde tínhamos um passeio de caiaque agendado.

O almoço foi na agência onde fechamos os passeios.

032-img_0005

 

Esse dia estava muito frio. Pedimos umas roupas extras para o pessoal do caiaque para garantir que não passaríamos frio dentro da água.

32-img_0389

33-img_0390

34-img_0391

35-img_0393

36-img_0396

37-img_0398

38-img_0399

39-img_0400

40-img_0401

41-img_0402

 

Como o tempo estava ruim, o mar estava bem agitado… Tivemos que brigar com umas ondas relativamente grandes durante o passeio.

42-img_0403

43-img_0404

44-img_0405

45-img_0406

46-img_0408

 

Encontramos até uma foca fazendo yoga que ficou lá fazendo pose para nós um tempão!!!

47-img_0409

48-img_0411

49-img_0413

50-img_0414

51-img_0416

52-img_0419

53-img_0421

54-img_0423

55-img_0426

56-img_0427

57-img_0428

58-img_0431

 

Na volta o empo já tinha melhorado bem e nem estávamos mais passando frio.

59-img_0106a

60-img_0108a

 

Quando voltamos para a pousada, fomos usar a Jacuzzi aquecida que eles tinham no quintal! Foi bem relaxante!!!!

61-img_0115a

62-img_0435

63-img_0438

64-img_0439

65-img_0440

66-img_0442

67-img_0117a

68-img_0120a

 

Aí uma cervejinha para fechar a noite!

069-img_0121a